Close

Colheita de azeitona e azeite

Quem não é apaixonado por um bom azeite?

Devia ser 2004, mais ou menos, quando por acaso que fui parar na casa de um amigo que tem um “lenço de terra”, como se referem os italianos a um pedaço de terra, no período da colheita de azeitonas.

Estendemos as redes no chão, ele nos deu o que eu chamo de “pente”, pois “penteamos os galhos”, removendo delicadamente as azeitonas que estão maduras, sem danificar as folhas da árvore de oliveira.

Esta experiência de colher azeitonas exige uma preparação física elevada para conseguir executá-la por algumas horas.

Subindo na oliveira
Colheita azeitonas Toscana

As folhas, que vemos prateadas ao longe, se tranformam em folhas verdes, o famoso verdeoliva; o tempo ralenta, e a concentração é completamente voltada para este maravilhoso fruto que é a azeitona, para os galhos, para as folhas, para o equilíbrio do nosso corpo no alto da escada, para a queda do fruto sobre as redes. Pensamos na idade da árvore que nos dá o fruto, o tempo de maturação da azeitona, impossível não pensar na generosidade da Natureza e da comunhão deste momento… e dos pratos deliciosos que se farão com este azeite, na nossa casa na cidade.

Colheita azeitona Toscana
A cor das folhas de oliveira ao longe: prateadas

Estes gestos de hoje não são de hoje, mas são gestos que o ser humano repete há sete mil anos, em uma ligação com a terra, utilizando este produto para iluminar cerimônias religiosas, realizar cosméticos, ou curar doenças.

A tua viagem à Toscana, e este tema vale para a Itália inteira, é muito mais do que o turismo convencional, pois as experiências que você pode viver aqui, te remitem ao mais íntimo contato com a Natureza e com a cultura que aqui nasceu, cresceu e deu origem ao mundo ocidental.